Slider

Escola em casa

banner creche termo consentimento

 

Página do Escola em Casa DF reúne material de suporte a professores e estudantes

Orientações a estudantes e profissionais da educação para o ensino on-line durante a pandemia

 Secretaria de Educação do Distrito Federal reuniu na página do Escola em Casa DF as publicações para estudantes e professores relacionadas ao trabalho pedagógico no período da pandemia. São cinco cartilhas nos formatos de guia, orientação e planejamento para toda a rede engajada nos estudos on-line.

A maioria dos materiais com esse foco já estava disponível no espaço do site destinado à Educação Básica e, agora, passará a ser postada em aba específica, na página do programa.

“Apesar do ineditismo do momento que vivenciamos, reconhecemos o esforço, o compromisso e, sobretudo, o profissionalismo dos integrantes da nossa rede pública de ensino. Nada substitui a relação entre professor e estudante dentro de sala de aula. Mas temos de garantir que o conteúdo pedagógico chegue aos nossos estudantes de alguma forma”, destaca o secretário de Educação, Leandro Cruz.

O secretário executivo da pasta, Fábio Sousa, informa que os conteúdos foram concebidos como diretrizes, sugestões e suporte aos gestores, professores e demais profissionais da educação que atuam diretamente no processo de aprendizagem. “A interação entre professores e estudantes é pressuposto básico para se pensar e se desenvolver o trabalho pedagógico, mesmo que de forma remota”, completa Fábio Souza.

Acolhimento à comunidade escolar

Estratégias pedagógicas voltadas ao trabalho com profissionais da educação, estudantes, famílias e comunidade escolar podem ser encontradas no “Guia para Acolhimento à Comunidade Escolar – no contexto de atividades pedagógicas não presenciais”.

O documento também aborda temáticas relacionadas à saúde emocional e apresenta sugestões de materiais e recursos para atividades com os docentes e os estudantes.

Estudantes

Ciente das dificuldades impostas pelo atual momento de pandemia, a SEEDF elaborou o “Guia aos Estudantes: orientações para as aulas por meio de atividades não presenciais”.

Além das orientações disponibilizadas na página do Escola em Casa DF, o guia contém detalhes sobre a plataforma virtual, tais como dicas para o acompanhamento das atividades e da manutenção da rotina de estudos.

Professores

O guia “Aos Professores: orientações para as aulas por meio de atividades não presenciais” traz sugestões para a produção de material didático, endereços na internet para esclarecimento de dúvidas, passo a passo para enturmação de estudantes, dicas para produção de materiais, curadoria e articulação entre as unidades escolares e as regionais de ensino.

Tempo integral

O documento “Organização do Trabalho Pedagógico da Educação em Tempo Integral para atividades não presenciais na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal” apresenta as estratégias pedagógicas para a retomada das atividades das partes flexíveis das matrizes curriculares.

Para a construção do planejamento, a comunidade escolar foi ouvida, por meio de consulta pública, entre 20 e 25 de junho de 2020.

Educação Especial

O “Plano Pedagógico da Educação Especial para Atividades não Presenciais da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal” contribui com as ações dos Comitês Regionais e Locais para a execução e operacionalização do retorno dos servidores às atividades educacionais.

É voltado aos professores que atendem os estudantes com deficiência, com Transtorno do Espectro Autista – TEA, com comportamento de Altas Habilidades/Superdotação, bem como crianças e bebês considerados de risco atendidos no Programa de Educação Precoce.

Registro de atividades não presenciais

Nas “Orientações à Rede Pública de Ensino para o Registro das Atividades Pedagógicas não Presenciais” são apresentadas possibilidades de atuação em regime de colaboração, na atual conjuntura, com combinações de ambientes virtuais, videoconferências, aplicativos e o ensino híbrido.

Os envolvidos na gestão escolar encontrarão dicas de escalas, segurança e planejamento de trabalho; datas relevantes para o ano letivo e orientações para o controle de frequência na plataforma Google Sala de Aula ou daqueles que receberem materiais impressos pelo Programa Escola em Casa DF.

Coordenador Regional de Ensino de Sobradinho

Marco Aurélio Vieira de Souza
Marco Aurélio Vieira de Souza
Coordenador Regional

footer_logo_creso

Expansão Urbana Setor Oeste/COER Q 1 AE 4 EPC, Sobradinho II - DF, Brasília, CEP 73.062-301